11.7.10

 

 

Shrek 4 Forever After é o quarto filme da saga do ogre verde a partir do momento em que salva a princesa Fiona.

Neste filme a história passa pelo 'e se o Shrek não tivesse salvo a princesa', 'e se o Shrek nem sequer existisse?'

 

Shrek está a passar agora por uma fase stressante e repetitiva vida familiar e tudo culmina na festa fracassada do primeiro aniversario dos filhos, os ogrinhos verdes. Nesse dia ele conhece Rumpelstiltskin, um homenzinho enganador, que lhe oferece um dia sem os filhos, sem a invasão dos amigos pela sua casa adentro, sem a habitual visita dos turistas, que se riem dele quando vai à casinha. Em troca, Shrek apenas tem que lhe dar um dia da sua vida que ele não se lembra.

 

Shrek aceita o acordo e encontra um mundo em que todos os aldeões têm medo dele, como ele desejava, mas em que o Burro não o conhece e até tem medo dele, o Gato das Botas reformou-se e engordou e a sua amada Fiona tornou-se numa guerreira que lidera uma horda de ogres mal encarados (foi ela própria que se teve que salvar do castelo onde estava confinada). Entretanto, Shrek desiludido com tudo aquilo que lhe está a acontecer, descobre que 'o beijo do amor verdadeiro' o pode levar de volta à vida familiar que ele tinha. O único problema é que agora parece ser mais difícil de alcançar...

 

A história pareceu-me um pouco forçada, uma forma de prolongar o sucesso da franquia e a sua mais valia é o 3D, que está muito bem conseguido. Os momentos musicais forma escassos e o humor teve as suas ocasiões, ainda que muito boas, também foram poucas. As melhores personagens neste filme foram o Gato das Botas e o vilão Rumpelstiltskin, dos irmãos Grimm. Um aspecto positivo deste universo paralelo do dia de Shrek, foi a possibilidade de explorar a existência de outros ogres além do Shrek e da Fiona. Afinal eles não são os únicos da sua espécie...

 

Sendo que os responsáveis da Dreamworks dizem que este é o ultimo, Shrek Forever After não fica na memória em comparação especialmente com os dois primeiros, que foram fantásticos. Mas Shrek será sempre Shrek, um ogre temível e adorável que entrou nas nossas vidas.

 

Apesar do filme ter deixado realmente algo a desejar, foi um excelente serão passado com a minha cara-metade, que me levou a jantar fora, seguida pela sessão de cinema, de um filme que eu insistia que não podia perder!

 

Fiquem aqui o trailer oficial.

 

link do postescrito por anid, às 10:23 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres




O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

pesquisa
 
mais sobre mim
Julho 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23

25
26
27
28
29
30
31


Leitura em curso
Neste momento não leio nada, apenas escrevo...
comentários recentes
PROGRAMA DE AFILIADOS!Você está a procura de um re...
aqui no Brasil a gente fala muito mal o nosso idio...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
Bom post!Eu Acho exactamente o mesmo, mas também a...
por acaso tambem andei muito a procura desta music...
Posts mais comentados
subscrever feeds
blogs SAPO